O que significa Alienação Fiduciária?

0
628580

O que significa Alienação Fiduciária?

Alienação vem do latim “Alienare” e significa tornar algo pertencente ao outros. Na alienação fiduciária você tem a posse do carro. A propriedade é do banco.

Logo de início você pode não entender direito essa definição colocada acima, mas alienação fiduciária, de uma forma bem resumida, é isso mesmo. Afinal, quando você opta por fazer um financiamento de um carro com este tipo de garantia, o seu veículo fica sendo propriedade do banco que fez o seu financiamento até você terminar de pagá-lo. Enquanto há prestações a serem quitadas, o seu direito é apenas à posse.

Alienação fiduciária: financiamento ou garantia?

São duas coisas diferentes, porém podem estar presentes no mesmo contrato de compra. O financiamento é basicamente o empréstimo a ser realizado no banco para pagar um carro ou residência que você deseja adquirir. Os juros e demais taxas serão acordados na instituição financeira, por isso sempre faça pesquisa, afinal, após anos de prestação, a economia total pode ser grande.

Já Alienação fiduciária, nada mais é do que uma garantia real que o banco faz você assinar. Neste tipo de garantia, você tem direito apenas a posse do bem adquirido e a instituição financeira fica com a propriedade, que só lhe é passada após o término do contrato com a quitação da dívida.

Termos e características da alienação fiduciária

Alienação fiduciária é um negócio bilateral, acordado entre duas partes, que são:

  • Fiduciário: empresa que concedeu o empréstimo ou financiamento – credor;
  • Fiduciante: pessoa que solicitou o empréstimo ou financiamento – devedor.

No Brasil, essa modalidade é mais utilizada na compra de automóveis.

Vale salientar que o fiduciante fica proibido de vender o bem móvel ou imóvel adquirido antes de quitar por completo a dívida.

Este vídeo vai te mostrar uma visão teórica e prática sobre a Alienação Fiduciária:

DEIXE UMA RESPOSTA